POLÍTICA DE COOKIES

A Jaguar gostaria de utilizar cookies próprias e de terceiros para analisar os nossos serviços e apresentar-lhe conteúdos publicitários personalizados criados a partir de um perfil derivado das suas preferências de navegação. Se continua a sua navegação, consideramos que aceita a sua utilização. Poderá configurar ou bloquear a utilização de cookies ou obter mais informação na nossa Política de Cookies.

  1. VÁ MAIS LONGE

    Descubra como os sofisticados sistemas de gestão térmica do I‑PACE Concept contribuem para uma melhor autonomia.

    • O controlo da temperatura é importante em qualquer veículo, mas é especialmente importante em veículos elétricos como o I‑PACE Concept e o veículo de competição de Fórmula E I‑TYPE.

      Em competição, uma gestão térmica eficaz significa que os condutores podem competir de forma mais rápida e durante mais tempo. Nos veículos para condução em estrada, como o I‑PACE Concept, os condutores podem ganhar até 50 km (ou 30 milhas) de autonomia adicionais entre carregamentos.

      I‑PACE Concept: gestão térmica

      Dentro do I-PACE Concept, é necessário controlar três temperaturas: a da bateria, a dos motores e a do habitáculo do condutor. O sofisticado sistema de gestão térmica do veículo aquece e arrefece todas estas temperaturas individualmente e recolhe energia de umas para as outras. Assim, se for gerado calor no motor elétrico, este é utilizado para aquecer o interior ou a bateria, ou ambos. Transferir energia térmica desta forma significa que a bateria é menos utilizada para o aquecimento, o que resulta numa maior quantidade de energia da bateria disponível para aumentar a autonomia.

    • "É um sistema muito sofisticado, em que podemos distribuir o calor gerado por estas três fontes diferentes."
      Dr. Wolfgang Ziebart, Diretor de Design Técnico da Jaguar Land Rover.

      Além de recolher a energia produzida pelo próprio veículo, o I‑PACE Concept inclui uma bomba de calor que aspira ar do exterior do veículo e o utiliza para aquecer o interior. A energia do ar exterior é bombeada para uma temperatura superior utilizando uma quantidade de energia muito reduzida, mesmo quando a temperatura exterior é relativamente baixa. Este ar aquecido é, então, introduzido no habitáculo do condutor, em vez de se utilizar um aquecedor elétrico convencional, o que significa que é necessária menos energia da bateria para aquecimento interior.

      O impacto da bomba de calor é considerável. Quando a temperatura exterior se encontra entre 10 °C e 15 °C, a utilização da bomba de calor em vez de energia exclusivamente da bateria permite prolongar a autonomia do I‑PACE Concept até 50 km (30 milhas).